Errado e errado, da forma certa eu secretamente consumo. Inadequadamente, descaradamente, eu consumo.  Parece incoerente, do avess...

Ilícito


Errado e errado, da forma certa eu secretamente consumo.
Inadequadamente, descaradamente, eu consumo. 
Parece incoerente, do avesso de mim, assim tão séria, reta. 
Mas te digo que amo entorpecer-me, errada e errante nas linhas tortas da vida, onde todo clichê é bem-vindo.
Não julgue, não julgue... É desperdício: a sentença só tem efeito àquele que de fato sente-se culpado.
Consumo, sim, e me perco, numa viagem que dura as vezes toda uma noite, divertida, luxuriosa.
Sorrio, tao longe dos problemas, sem nem cogitar dilemas ou ideias autopunitivas.
permanece em mim por vezes dias e dias, pulsando vivas, luminosas nos cantos dos olhos.
Meu certo, tao errado, é tão culpado quanto pode ser, e eu já ando nesse caminho, assim tão firme, a tantos anos quanto sou dona de mim.
Droga perfeita, cruel...Veja bem, veja com dedicada lógica e métrica: 
Meu errado, tao certo, é tão amado quanto poderia ser. 

Um comentário: