O mar respira por mim, com imensos pulmoes. Enche meu peito, oxigena meu cerebro. Ela me segura, flutuando na agua. "Canta a musica do ...

Primae

O mar respira por mim, com imensos pulmoes.
Enche meu peito, oxigena meu cerebro.

Ela me segura, flutuando na agua. "Canta a musica do peixinho" eu peço.
Ela canta, suave, a me embalar.
A onda vem e eu flutuo só, por uns instantes, até sentir os braços dela sob meu corpo, assim que a onda se vai.
Confiança.

O mar fica logo ali, a mesma agua de sempre. Infinita e salgada, raivosa e tranquila.
Só escuto..... E ele enche meu peito, imensos pulmoes.

0 estranhos olhares: