este agora é um espaço disputado com meu psicoterapeuta. quando vou lá, falo o que aqui eu escrevo. e entao, fiquei afastada daqui. como se ...

costurar

este agora é um espaço disputado com meu psicoterapeuta. quando vou lá, falo o que aqui eu escrevo. e entao, fiquei afastada daqui. como se realmente fosse uma necessidade apenas desabafar. mas nao é assim. nao é apenas isto, escrever para mim é confirmar, aceitar, arquivar as conclusoes e atualizar o processo.
processo de que?
eu nem sei.

andava hoje pensando em que assuntos posso tocar na proxima segunda feira com meu psicanalista.... mas a coisa é que ... o que tenho na cabeça nesse momento parece nao caber a ele, nao ainda, o meu "velho-novo" confidente.
ando a pensar nos meus antigos desejos. nas coisas que sempre esperei e nunca vieram. quem sabe quando virão? quem sabe se isso é realmente bom?
passei a tarde a me sentir cansada, com desejos de nao fazer nada, nao planejar nada nao viver nada mais. parecia-me um desperdicio de tempo. ainda parece.

mas, tomei uma decisão contraria: farei acontecer o que eu esperava, farei isto em 30 dias. dará certo por que partirá de mim, e farei do inicio ao fim essa costura, essa união do meu corpo e de minha alma. farei todas as coisas bobas, farei disso um ritual.

nao parece fazer sentido.... mas... pra mim faz. e aqui, a escrever, confirmo meu compromisso e o marco:
vinte e cinco de novembro.

Um comentário:

  1. tem sido frequente pessoas, seus dilemas e tormentos. coisa que antes eram mais fácil de controlar, de talvez ignorar e alguns esconder.
    mas agora parece estar latente em todos, ao mesmo tempo, mais que o normal...
    todos em um processo de crise, destruir, construir, renascer, entender, busca espiritual, etc... como se quisessem pronunciar uma mudança drástica que parece estar cada dia mais perto.

    o tempo parece que esta acabando
    *ui2012,AUHHUAAHU*brinks

    ps: nao gosto de quando tu fala em datas... me "assusta".

    ResponderExcluir