Como se muitos séculos tivessem passado e acumulado pó sobre o cristal do olho, em camadas perfeitas que fizeram de mim um grande casulo ,...

knot - resumo

Como se muitos séculos tivessem passado e acumulado pó sobre o cristal do olho, em camadas perfeitas que fizeram de mim um grande casulo, escrevo agora e aqui, como quem toma posse de si, como quem rasga essa pele que se formou e tirava minha luz *

Foi antes, bem sei, foi antes de tentar suicídio que isto passou a se formar ao meu redor. Nao lhes digo que minha depressão foi embora: ela não foi. Ela foi aceita por mim, da mesma forma que todos os dias quando me ergo de dentro dos meus sonhos eu aceito o ar que respiro, da mesma forma com que aceito essas coisas tao controversas que me formam de boa maldade e maldosa bondade.

Era por fim este casulo o que, para o bem ou para o mal, ia se formar de qualquer maneira. E eu lhe juro que tentei inutilmente impedir: a rosa é ainda mais forte quando em botao, é para o desespero que ela se abre para o ar. Quis pular essa etapa, quis pular as constatações que uma hora ou outra viriam, tentei fugir, dormir imaculada e serena até virar pó. A tristeza que eu sentia bastava para isso, era o instante-tempo antes do que viria depois...

.. vi a emenda do laço,vi onde a víbora que circula o mundo abre a bocarra e entre veneno e suspiro morde a própria cauda. Sobrevivi a mim.

Agora, nem sei quanto tempo depois, com meu corpo retornando de forma bela e mágica ao que era, meu cabelo negro como breu tocando o meio das minhas costas, vestindo as velhas roupas negras e o perfume de absinto coloquei os dois pés para fora de mim, segura de possuir o ar, imune contra o veneno da vida.


*como só uma pessoa pode notar rápida e claramente: simm... veronica.

3 comentários:

  1. bem vinda ao meu mundo.

    ResponderExcluir
  2. mudar e renascer.. sobreviver a mudança, aguentar sem querer pular etapas ou adiantar o tempo.. muito doloroso tudo isso

    ResponderExcluir
  3. nada a ver com o post...mas pq continua vindo em meus sonhos dessa forma intensa, porque não consigo te esquecer...quando penso que ao menos tenho o vazio como companheiro, descubro que no fundo ainda sinto tanto ou até mais por você...

    ResponderExcluir