nao faça nada. tente nao sentir nada. ignore o novo abismo que se abriu... deixe...o silencio vir e fazer com que todo o resto resolva se...

shhh....


nao faça nada.
tente nao sentir nada. ignore o novo abismo que se abriu... deixe...o silencio vir e fazer com que todo o resto resolva se esgueirar para baixo da cama, pra dentro daquela mala cinza cheia de macias roupas de inverno.

0 estranhos olhares: