Com o dedo indicador sinto as marcas impressas naquela pele, cerradas em tantas convicções que palavras só nao bastam. É com paixao que m...

Eles, Os...

Com o dedo indicador sinto as marcas impressas naquela pele, cerradas em tantas convicções que palavras só nao bastam.
É com paixao que meus olhos os percorrem, e com amor juvenil que eu suspiro e os abraço.
Eu choro quando eles se acabam, e me deixam mais uma vez sozinha com meus pensamentos, mas sabe, é como a vida deve ser, e em cada momento unico que eles vivem comigo eu, na sombra, vejo a luz projetada pelo genio humano e me sinto feliz.


Um comentário:

  1. Eu sinto fome da próxima ação, da próxima frase, e meus olhos percorrem com instinto animal o próximo momento. Mas me dou por mim e encerro as páginas com um estalido seco, de um sobressalto no coração pensando que não quero acabar com algo tão belo, assim, tão rápido.
    Fico chateada quando percebo o fim, porque essas relações me tomam de tal maneira que nao quero que me deixem nunca mais... mas as coisas não são como eu quero e até prefiro assim, me compadeço, de luto ao final dessa relação estabelecida unilateralmente... só por mim, como sempre.


    e eu ainda as amo, todas essas páginas que tão facilmente me esquecem, que tão docemente passam á outras vidas e mãos. mas esse amor é só meu e fica no meu coração que compartilho com meus doces amantes.

    -- J

    ResponderExcluir