Vivia como quem mente sobre o tempo, a mente flutuava nos sonhos dos outros Compté et recompté les jours ... esperando que a vida lhe desse ...

Now and dreams we run

Vivia como quem mente sobre o tempo, a mente flutuava nos sonhos dos outros
Compté et recompté les jours ... esperando que a vida lhe desse algo a mais do que a morte seria capaz.
Pediu certa vez, um par de asas emprestadas, mas ao colocar nos ombros, nao prendiam corretamente à sua carne... permanecia em queda-livre pelo infinito de sí.
Quem poderia dizer que seus pés tocariam o chao? que saberia ferir-se nas pedras do caminho?
Voce está ouvindo isto? esse é o som das ailes ange déchu...

3 comentários: