*pensamentos enquanto vinha pra casa abraçada num macio burrinho de pelúcia* Entendo os motivos pelos quais as pessoas mentem, entendo que...

Mentiras

*pensamentos enquanto vinha pra casa abraçada num macio burrinho de pelúcia*

Entendo os motivos pelos quais as pessoas mentem, entendo que ja sofreram e muito quando começam a mentir. Nao dá pra dizer que sao culpadas por isso, seria o mesmo que dizer que alguem é culpado por se proteger.

De qualquer forma, parece que agora que sinto coisas que eu nao sentia antes, eu nao sei bem aceitar as mentiras....mesmo compreendendo os motivos. E eu sempre sei, incluindo os detalhes, por que minha alma de alguma forma direta ou indireta, sabe.

A minha mente funciona de um jeito que é infalível ao analisar os humanos, mesmo que minha boca diga outras coisas, em diferente direção. Tenho receio de feri-los, de me intrometer demais.

Eu prefiro saber. Prefiro que digam voces mesmos...que apenas confirmem aquilo que eu ja sei. Por que de uma forma ou de outra... eu acabo me afastando... apenas por me sentir enganada.


(será que eu devia bancar a louca, e dizer a todos o tempo todo sobre seus segredos? eu acho que eu nao me suportaria.)

6 comentários:

  1. Entendo o que tu sente, tifa. Mas apesar de já saber, algumas vezes perguntar talvez te trouxesse alguma paz de espírito, principalmente quando tu puder perguntar indiscriminadamente. Mentir para se proteger... é quase uma lei, e eu também não poderia culpá-los.

    ResponderExcluir
  2. Depois de um tempo, talvez criei barreiras sobre os segredos que normalmente guardaria... e não os guardo mais.
    Mas é claro, sinto falta de proteção e não me sinto bem por dizer a verdade; da mesma maneira também não te faça sentir melhor proferir os segredos que os outros optam por guardar. Não cabe á ninguém julgar (em alto e bom som, veja bem) o próximo, mesmo que esse ninguém seja você, pequena.
    Sei que é quase impossivel pra ti que guarde isso como uma informação banal... essas pequenas mentiras que usamos por uma série de motivos igualmente fúties dizem muito sobre nós, mas não são nada, como não são nada as pequenas verdades que dizemos entre as mentiras.

    Parei de te dizer verdades porque sei que você já as conhece... lá dentro de mim. Ser banal talvez seja a única verdade que me cabe no momento. E eu tenho aceitado as mentiras e as verdades muito bem... porque posso digeri-las bem devagar no fundo da minha mente sempre inquieta.

    - Jess

    ResponderExcluir
  3. Ah, e é claro... nunca me incomodei com suas perguntas... nenhuma, nem por um segundo.
    E sim, você ficaria insuportável derrubando verdade sobre as pessoas, assim, como se fosse natural.

    - Jess

    ResponderExcluir
  4. c isso for pra mim... n me atingiu n ... xP

    ResponderExcluir
  5. as pessoas nao aceitam a verdade
    noa estao prontas para a verdade
    embora digam q querm a verdade

    blé
    odeio quanod eu começo a filosofar..parei
    ^^

    ResponderExcluir
  6. sim, deveria. hahahha
    para de negar o monstro que tu é...

    ;***

    v.

    ResponderExcluir