...da série "amor, humanos e vida" sobre as quais eu nao desejo voltar a falar tao claramente, mais tarde. Ria se puder. nao é o...

Humanos...

...da série "amor, humanos e vida" sobre as quais eu nao desejo voltar a falar tao claramente, mais tarde. Ria se puder.

nao é obvio? é, sim, e completamente obvio.
e previsiveis, bom alguns nao sao totalmente, mas em algum momento, serão.

1.
Humanos, quando dividem o mesmo sangue, acham isso realmente muito importante, e com base nessa importancia, eles fecham um circulo de sangue, isolando aqueles outros grupos pode humanos que dividem sangue entre si. Nesses círculos, há uma linha de comando, onde os mais velhos pensam mandar sempre nos mais novos, mesmo que os mais novos ja tenham mais de 30 anos. Os mais novos por sua vez, se dividem, uns ouvem os antigos e ignoram serem criaturas de outra geração que possuem conhecimentos mais avançados e os seguem cegamente, e outros vivem discutindo.
Na maioria dos casos, os jovens, (de qualquer tipo) se referem a algum integrante da familia como "Bipolar", "esquisofrenica(o)" ou apenas "louca(o).
Humanos chamam isso de familia.

2.-Humanos criaram coisas que eles detestam.

2.1 - Um livro que a maioria deles segue por puro costume, e que foi escrito a sabe-se lá quanto tempo<->Os mesmos humanos se redividiram em enormes grupos que seguem livros diferentes e muito parecidos, mas que tem nomes diferentes.
estes livros os limitam sobre tudo: os limitam a amar cegamente, a manter esse amor por orgulho, a amar uma só pessoa, a amar a pessoa correta (?) a nao roubar, nao matar, e muitos outros "naos" e ainda assim prega o livre-arbítrio.

2.2 - humanos ficam confusos por estas coisas, e se subdivivem em grupos menores, que mentem pra roubar, mentem pra matar, mentem pra trair, e se culpam por se divorciar. Alguns nao mentem, assumem e passam a vida a serem castigados por essas escolhas.

3 - Humanos amam se castigar!

3.1 - Humanos acreditam no fim do mundo. E nao basta ser só um fim, tem que ser um fim tragico. E eles nao só acreditam, eles DESEJAM ISSO.

3.2 - Humanos amam propagar o terror. Inventam o mais variado tipo de informações falsas para assustar uns aos outros: conspirações, doenças, criticas a outros grupos, novas e criativas ideias de assaltos, assassinatos e milhares de outras coisas mais.

3.3 - Humanos acham que sao mais poderosos do que todos os outros animais, quase deuses.
POR ISSO acham que podem destruir o planeta, acham que podem salvar animais que estao naturalmente em seus devidos processos de vida e extinção, acham que podem dominar outros humanos, e acham que podem fazer todos os humanos dançarem a mesma dança e comerem a mesma coisa.

3.4 - humanos acham que as coisas estão mudando, mas nao se passaram nem 100 anos desde que um dos ultimos humanos malucos resolveram matar muitos outros humanos por que achava que subjulga-los nao era o suficiente.

4- Humanos e o amor.

4.1 - Todo humano, pelo menos uma vez na vida (ou milhares), escolhe uma (ou todas) das brilhantes opções a seguir: mata por amor, chateia por amor, incomoda, cansa, discute, ofende, e SE SUICIDA por amor, e eventualmente por amor a algo maior, mata MUITAS PESSOAS por amor.

4.2 - quando amam alguem do sexo oposto, tem horror aos do mesmo sexo; quando amam alguem do mesmo sexo, tem horror a alguem do sexo oposto. Esse horror, é demonstrado como "medo de perder" o objeto em questao (o humano amado) ao mesmo tempo denota superioridade entre os outros por possuir uma femea ou um macho sob sua jurisdição.
Dizem que é um procedimento humano e natural, que caracterizaria o amor humano.
chamam isso de "ciúmes".

4.2 - por sua vez, apesar de sentir "ciumes" os humanos voltam ao item 2.2 e fazem tudo aquilo que o outro humano NAO quer que ele faça. Eventualmente isso traz à tona o item 4.1. E as discussoes acontecem por que TUDO ISSO É MUITO ERRADO, como explicado nos itens 2.1 e 3!

Fim do capitulo sobre humanos.
Ainda que falte explicar como eles criam coisas que falam mal de todos eles e se divertem com isso, como por exemplo:
1-"A pior das espécies baseada em Carbono"

Robô Marvin sobre Humanos

2- este post.

3 comentários:

  1. Texto bem-humorado, Sami - talvez não para ti, mas para quem lê. O final me fez rir de quanto somos humanos criticando os humanos, amando os humanos, negando os humanos, matando os humanos, fodendo os humanos e mais uma lista infinita (lista infinita?! o.O) de verbos no gerúndio cujo complemento direto seja "os humanos". Tu me faz ter vontade de escrever, mas ainda não foi o suficiente para que eu avance minhas estúpidas vergonha e preguiça.

    O que mais me agonia disso tudo é a família, até porque sei que nunca conseguirei largar a minha, a do meu marido, a que eu achar pela frente que me acolha. Tu me faz me sentir ridícula.

    ResponderExcluir