Exatamente isso. Mas EU existo por baixo destas aguas temporariamente calmas, e as vezes até temo (e desejo) uma volta triunfal da loucur...

No vazio mágico inimaginável



Exatamente isso.
Mas EU existo por baixo destas aguas temporariamente calmas, e as vezes até temo (e desejo) uma volta triunfal da loucura de certos dias.

(sentada na aula de "fundamentos da arte" na semana passada, enquanto escrevia sobre a minha "apreciação individual" tive o sonho (e imaginei muito bem) de tomar chá de cogumelos antes de ir à próxima avaliação. Apesar de tudo e do todo, não mudei tanto assim.)

0 estranhos olhares: