um pouco talvez seja por que sinto alguma coisa vazia, e isto sempre me dá frio. Uma ironia fantastica, estrada e estrada, e o hotel, bonit...

faz muito frio.

um pouco talvez seja por que sinto alguma coisa vazia, e isto sempre me dá frio.

Uma ironia fantastica, estrada e estrada, e o hotel, bonito e nao muito grande, dotado de um "luxo decadente" em delicadas florzinhas brancas, madeira escura, tapetes vermelhos nas escadas e poltronas antigas à frente de uma enorme lareira. (como ja descrevi em um email).
Mas a luz aqui é perfeita e aconchegante, e nao me fere, nem um pouco.
Cheguei e tomei um banho infinito, e mais quente do que costumo, e me senti feliz, li e dormi o resto da tarde.

Hoje eu saí, alguma coisa em mim destoava de todo o resto mas eu me sentia bem. Por meu romantismo segui o que ela disse no email
: "Você fumava e estava com aquele batom vermelho e aquela maquiagem pin up que eu gosto tanto"
caminhei pela cidade, observei as pessoas, me sentei em um banco frente a uma loja e desenhei as arvores brancas de folhas vermelhas que achei fantasticas. Achei um bonito café, e tomei um moca quase perfeito, cheio de chantilly. Quando começei a sentir muito frio e desejar outro banho e meu livro debaixo das cobertas... voltei para o hotel.
o adoravel é que mesmo assim, com tudo perfeito eu sinto esse frio. Mesmo agora diante da lareira. é aquela coisa ainda... algo que me falta e que eu nao sei... nao sei o que é.

Um comentário:

  1. como é engraçado, o que é bom para uns, nao é tao bom para outros...

    gosto dessa coisa que tu chama de vazio... u.u

    ResponderExcluir