admiro quem consegue apreciar a inocencia dos ignorantes. bom... ignorantes no sentido de nao saberem de detalhes importantes, pessoas que...

Lembranças, pecados, olhos abertos


admiro quem consegue apreciar a inocencia dos ignorantes.
bom... ignorantes no sentido de nao saberem de detalhes importantes, pessoas que creem em circunstancias somente com um conhecimento basico.
eu nao consigo, não consigo aceitar que alguem defenda seus principios sem fundamentos.... sem estudar, sem conhecer.
será que o céu pertence mesmo às pessoas que como ovelhas seguem seu pastor sem questiona-lo? sem olhar para os lados, sem pensar?

o céu é dos inocentes e ignorantes?
e os outros que questionaram, estudaram, os inquietos vao para o inferno junto com aqueles que mataram, estupraram, cortaram, roubaram?

me parece que nao....nao posso aceitar, foge do senso de justiça de um bem maior, de algo que nos compreende como somos, sem castigos.

que forma tem um pecado?
é errado ser curioso? pesquisar, tentar entender?
nao é pecado quando nos sentimos superiores a outras pessoas, ou as subestimamos por que nao acreditam no mesmo que nós, a julgamos sujas ou erradas?

quando eu era pequena, uns 9 ou 10 anos de idade, lembro que minha avó participava de uma igreja evangelica. Um dia me ofereci para passar sua camisa branca, que ela usava quando ia a igreja, ela disse:
-" voce não pode tocar nas minhas roupas, voce nao frequenta a igreja voce esta endemoniada"


hoje em dia eu dou risada, mas ja fazem muitos e muitos anos, e nao esqueci.
isso deve significar algo, nao?

Eu havia fugido do catecismo, obrigatorio na minha idade, e isto gerou muitas discussoes e brigas, e entao pela minha avó, e por minha mae, eu me batizei novamente na igreja evangelica delas.
Cena patética. entrei de roupas numa piscina de plástico, sabendo conscientemente que eu nao acreditava em nada, apesar da pouca idade, e entao o "pastor" empurrou-me para debaixo d'agua, segurou-me lá depois tirou-me repetindo que eu renascia em Cristo, os pecados lavados (que pecados eu tinha? aos 9 anos de idade?) a alma limpa, uma folha nova a ser escrita.
De coração verdadeiramente limpo eu esperei que eu mudasse, e eu nao mudei, fui a mesma pré adolescente, e nunca mais coloquei meus pés na igreja novamente. Nem naquela, nem em outra qualquer.
estudei por conta propria a biblia, li e reli, passei a outros livros, pesquisei....
e nada
por alguns anos ainda, minha vó fez gestos de quem expulsava o demonio de meu corpo, sempre que eu adoecia, sempre que eu ficava sonanbula, sempre que eu reclamava.
eu ficava irritadissima, furiosa.

Depois de algum tempo.... elas deixaram a igreja, percorreram outras religioes, como todo mundo hoje em dia.

eu continuo a mesma, encontrei muitas e muitas incoerencias no cristianismo, e em outras religioes, e nao tenho volta, a menos que eu feche os olhos.

0 estranhos olhares: