É quando EU me revolto, quando EU me sinto incomodada é que eu acho que o MUNDO ainda tem solução. As pessoas com coração de gelo ainda m...



É quando EU me revolto, quando EU me sinto incomodada é que eu acho que o MUNDO ainda tem solução. As pessoas com coração de gelo ainda me surpreendem, não só pelas palavras ruins, críticas infundadas, mas pela maldade em si, pela pura falta calor, de amor.
Maldades, como um sopro de ar gelado vindo direto do coração.
Desejo que o mundo mude, mas tentar, já esta longe demais do meu mundo, isso não cabe mais a mim.
Eu sinto amor, e tento partilhar amor, as pessoas aceitam ou não. Eu não sou perfeita, eu falho, por que o amor não foi tão presente em minha vida quando o que desejo espalhar por ai.
O tempo tem passado e a vida fica mais fora do meu alcance, me afasto mais das pessoas comuns, o meu mundo se separou deste há muito, muito tempo, o que resta agora, e o que é visível, o que todo mundo vê.... é metade de uma garota, que fala como se o mundo fosse dela, que não sente muitos medos, supera os que restam, fala sem parar quando sente que o silencio seria penoso e TENTA ser amigável e ate amorosa sem mais nem menos, com a caixa do supermercado, com quem a recebe em algum lugar ou presta algum favor, e com qualquer pessoa.
Mesmo assim, quem me feriu sabe, sente e vê que eu não consigo mais fingir, que me atiro lá de volta ao meu planeta, de onde de muito longe dou algum sorriso, mas mantenho o silencio.

Um comentário:

  1. mesmo não comentando, queria dizer que ando acompanhando o teu blog.... só q eu não tenho nada mesmo para comentar..

    fica um bjo e uma mordida.. huauhauhahua

    ;***

    ResponderExcluir