faça apenas um breve silencio. e eu sempre quero mais. sempre queremos. quero uma revelação, uma emoçao nova.um cavalheiro do sec 18, ao ...

the mythology

faça apenas um breve silencio.
e eu sempre quero mais. sempre queremos.
quero uma revelação, uma emoçao nova.um cavalheiro do sec 18, ao qual talvez eu diga aquilo mesmo "ou sou tua ou do tumulo."... ora....do meu jeito incoerente eu amo tanto... amo por inteiro, até o extremo. Amo ate virar cinzas. e entao, ahh, todas aquelas crianças macias, e todas assim, adultos perdidos, ritmados pela musica, que os empurrava conta mim e contra todos enquanto eu andava por entre eles, e eu apenas dava risadas, gargalhadas abafadas pela musica, risinhos perdidos em meio ao turbilhao de pensamentos, vozes e musica.

o cheiro do alcool. Crianças tao bonitas. Sussurros segredados em meus ouvidos e sumariamente ignorados, mas marcados por mais um sorriso meu.
perfeito baile de mascaras. sem mascaras.

Um comentário: